quinta-feira, 11 de julho de 2019

CHÁ DAS QUINTAS - YSIS LAUANDA MISS BRASIL GLAMOUR GAY

HILUX - Primeiramente seja bem-vinda ao panteão das misses nacionais, um forte beijo da Miss Glamour Gay Brasil Plus Size. Como foi a noite do dia 10 de junho para Ysis Lauanda? 

YSIS - Sempre é um enorme prazer está no chá das quintas com você meu amor. Bom, carregar uma faixa com o nome Brasil sempre foi um dos meus maiores sonhos, e ao ser eleita Miss Brasil Glamour Gay / Versão Bahia senti um turbilhão de sensações ao mesmo tempo. O mais importante foi a sensação de dever cumprido. Fiquei muito feliz e realizada.

HILUX - Você é uma figura super carismática e querida no cenário miss gay, mas sempre passamos por vários jurados... Como você lida com as críticas positivas e negativas? 

YSIS - Acredito que tudo tem seu tempo e sua hora. Deus tarda, mais não falha. Todos os concursos que passei, me fizeram crescer de forma pessoal e profissional. Hoje sou uma pessoa mais madura, e todas as críticas que recebi sempre absorvi da melhor maneira possível. Isso me fez uma pessoa melhor e acima de tudo me moldar para estar preparada para carregar uma faixa tão importante como a de Miss Brasil Glamour Gay Versão Bahia.

HILUX - Sua passarela e classe são impecáveis. Você faz laboratório para ir melhorando sua personagem transformista? Dá uma dica para os meninos que sonham ser miss... 

YSIS - Gentileza sua. Desde pequena sou fascinada por concursos de beleza. Estudei durante três anos artes cênicas e já fiz aulas de passarelas, expressão corporal e etiqueta com um grande profissional dentro do nosso estado. Tudo é aprendizado, devemos sempre nos moldar. Assisto muitos vídeos de concursos de beleza, e sempre tiro um pouquinho de cada e monto minha própria passarela. Acredito que cada Menina tem que ter sua própria identidade, eu busco a minha.






HILUX - Você é de Maranguape, correto? Como está a cena LGBT da cidade em tempos de governo federal direitista? 

YSIS - Sim, sou de Maranguape. Infelizmente a nossa classe dentro do município trabalha de forma independente. Ouvi do atual prefeito que um dos seus principais projetos dentro do município seria criar uma coordenadoria da diversidade, e até hoje em dia, isso está apenas no papel. A última parada LGBT, que ocorreu dentro do município está com cerca de 15 anos. É um município que vive de retrocesso. E isso é lamentável.

HILUX - Leonardo por Ysis... Você desperta muitas paixões, né, gatinho! Como anda o coração ultimamente? 

YSIS - (Risos) Acredito que encontrei a outra metade da laranja haha, então meu coração ultimamente está preenchido.

HILUX - Fala para os nossos onixnautas a sua agenda. Quais são os próximos passos da primeira Miss Brasil Glamour Gay vs Bahia? 

YSIS - Acredito que o mais importante não é ser Miss, e sim se manter Miss. Junto com a minha coordenação estadual  e nacional estamos desenvolvendo uma série de projetos em prol de alcançar e beneficiar diversos coletivos que muitos tentam silenciar. Tenho um ano e dois meses de reinado pela frente já que a segunda edição do Miss Brasil Glamour Gay Versão Bahia irá acontecer apenas em setembro de 2020. Se Deus permitir será um ano de muito trabalho.

HILUX - Obrigada por sua atenção e disponibilidade!!! Deixa uma mensagem para nossos leitores e seus admiradores, por favor. 

YSIS - Eu que lhe agradeço pelo espaço. Sempre é um prazer estar aqui. A mensagem que gostaria de deixar é que ás vezes uma “derrota” vem para que você evolua, para que tenha a certeza de que é aquilo mesmo que você quer e para que cresça.
Os sonhos não vêm sem luta, hoje mais do que nunca sei disso! E vale muito a pena lutar! Acreditem, tudo no tempo de Deus, minha hora chegou e um dia a hora de vocês também irá chegar. Acredita em ti e voa... Agora vamos em busca da coroa internacional.

Da Redação Onix Dance /Por Tatiana Hilux