O PORTAL LGBTI+ DO CEARÁ

O PORTAL LGBTI+ DO CEARÁ

quinta-feira, 21 de março de 2019

APÓS 133 ANOS, HOMOSSEXUALIDADE DEIXA DE SER CRIME NA ANGOLA

A notícia é do dia 23 de janeiro, mas merece ser registrada, pois é uma vitória não somente dos LGBTs de Angola, mas da civilidade.

A quarta-feira, 23 de Janeiro, será para sempre um dia histórico para Angola, nesta data o país descriminalizou a homossexualidade, eliminando do seu Código Penal uma seção que se referia a "vícios contra a natureza", uma parte que foi implementada, para perseguir e punir qualquer tipo de relação homossexual.

 Os deputados aprovaram a aplicação de um projeto de lei que reforma o Código Penal de 1886, que continha proibições e concepções herdadas da época colonial. 

 Com a reforma, o Código Penal angolano também proíbe a discriminação no emprego com base na orientação sexual dos trabalhadores. A iniciativa foi aprovada com 155 votos a favor, um contra e sete abstenções. Com esta decisão, Angola tornou-se o primeiro país a descriminalizar a homossexualidade em 2019. 

Enquanto isso, o partido no poder no país era a favor da decisão e disse que o novo Código Penal foi "genuinamente angolano”. 

 "Ao eliminar esses vestígios arcaicos da era colonial, Angola rejeita a discriminação com base na orientação sexual", disse a Human Rights Campaign (HRC), uma das principais organizações de direitos civis do mundo. 

 Atualmente, 69 países ao redor do mundo criminalizam a homossexualidade por meio de várias figuras legais, como "sodomia" e "relações sexuais não tradicionais"; Da mesma forma, pessoas LGBT são punidas com leis relacionadas à moralidade e à conservação da ordem. 

 Os países mais recentes que dicriminalizarão a homossexualidade são e Trinidad e Tobago e Índia, o primeiro anulou as proibições contra as relações do mesmo sexo em abril do ano passado; enquanto a suprema corte da Índia o fez em setembro de 2018. 

 Com informações da HRC. 
Imagem tirada do Global Voices.

CHÁ DAS QUINTAS - ENTREVISTA HAYSSA SCHNEIDER - BY TATIANA HILUX


HILUX - Minha convidada da semana é uma estrela da nova geração, Hayssa Schneider Mega Star 2018. Me fale um pouco do seu início. Como surgiu sua personagem?

HAYSSA - Primeiramente, obrigado pelo convite Tatiana, é e sempre será um prazer contribuir para fomentar a cultura LGBTQI+ do nosso estado, bom meu início já foi um "boom", a primeira vez que me montei já foi para apresentar o concurso que organizava junto com Átila e Dileno, no começo sempre é muito difícil, as oportunidades, as pessoas nunca querem lhe ver melhor que elas, mas tive apoio de muitos amigos, e sou grata até hoje.

HILUX - Você é uma das melhores performances atualmente. Qual cantora ou artista te inspira ao compor um show?

HAYSSA - Me sinto lisonjeada em fazer parte desses artistas que ainda resistem na arte, pois com o fechamento da grande e saudosa boate Divine, muitas coisas mudaram e os atores ficaram dispersos e sem rumo, e hoje não vemos e nem temos mais valorização da arte transformista em si, peguei o final da era Divine, mas foi o suficiente para me tornar o artista e o profissional que sou hoje. De fato ali era uma escola...
Eu nunca tive uma diva em si que me inspire, gosto de ter várias facetas, tanto que sempre busco algo novo, meus shows na maioria das vezes são voltados a militância como forma de apelo, sempre busco criar um conceito para o show, e aqui destaco alguns que já perfomei ( Cleópatra, o fantasma da ópera, os miseráveis, cazuza e tantos outros).

HILUX - Seu namorado também é transformista. Você já sofreu preconceito no mundo gay por se montar?

HAYSSA - Graças a Deus a minha base que é a família, sempre me apoiou e apoia ainda hoje, lembro-me da primeira vez que me montei e minha mãe me ajudando colando unhas e rachando de rir (era algo novo pra ela também), kkkk.
Sinto-me privilegiada, pois sabemos que a vida de muitos LGBTQI+ no início, na sua descoberta é bastante difícil, a aceitação da família, amigos, na escola, no trabalho.
Muitos são postos para fora de casa, apanham e tantas outras coisas, e a onda de suicídios da nossa comunidade só vem aumentando gradativamente, por isso me sinto privilegiada, pois minha família me acolheu e acolhe, tanto a mim quanto ao meu parceiro, com quem já estou a pouco mais de 4 anos.




HILUX - De todos os títulos que já conquistou qual foi o mais importante e prazeroso? Por que?

HAYSSA - Cada um tem um valor bem especial:
Revelação Gay Serrinha
Miss Gay Chorozinho, Star gay Ceará
Top Queen transformista Ceará, Super Star
Mega Star,
Mas o transformista José Walter tem um significado especial, as pessoas mais íntimas sabem, foram 3 anos tentando e a cada ano o aprendizado e a cobrança só aumentavam, muitos diziam que eu nunca iria conseguir, mas consegui ! Personificando Evita Perón, um símbolo das lutas pelos direitos das minorias e da classe trabalhadora na argentina, chegando a ser tida como santa.

Ainda quando concorri o transformista do ano 2014, na extinta boate Divine me recordo que na grande final muitos artistas de "nome", estavam na frente do palco rindo do meu show( eu ainda inexperiente), sabe que eu me senti na novela chocolate com pimenta kkk, quando Ana Francisca levou um banho de tinta, mas foi ali que me senti mais forte, hoje já dividi o palco em shows e até apresentei esses artistas em tantos eventos, o mundo dá voltas não é... ?

HILUX - Hayssa by Wesley. Quem é o rapaz por traz da make up?

HAYSSA - Hayssa é alguém odiada e muito amada, odiada por falar o que pensa, não medir esforços para falar a verdade embora doa a quem doer, e isso causa um certo desconforto nas pessoas, mas acredito que ninguém nasceu perfeito, além dos defeitos, também tenho muitas qualidades, sempre ajudei muitas meninas no seu início de montagem, sempre abri meu guarda roupas para todas que me procuram, além de shows eu amo o mundo miss, já contribuí muito para a vitória de muitas meninas, e hoje estou em busca da minha realização...
O Wesley é um rapaz totalmente diferente da Hayssa, mas os dois se completam, trabalho desde os 16 anos, sempre gostei de poder ter o que queria, filho de uma mulher vinda do interior e analfabeta e de um homem guerreiro, que juntos criaram 8 filhos, inclusive o meu irmão gêmeo kkkk, mas calma não somos gêmeos idênticos rsrs, amo viajar, conhecer o mundo é a minha maior vontade, quem vive ao meu redor nunca fica triste, afinal sou leonino da gema kkkk.


HILUX - Qual são seus próximos passos na carreira que você pode nos revelar?

HAYSSA - A priori dei um tempo pra o meu eu, depois das últimas eleições me resguardei e descansei um pouco, estamos em tempos sombrios, ah já ia esquecendo e #elenão, mas voltando ao assunto, hoje estou pré-candidata a um concurso filiado ao Top Gay Ceará, e espero poder conseguir chegar até lá, mostrar meu trabalho e tudo que aprendi no decorrer desses anos na passarela do Top Gay será um dos meus objetivos desse ano, sinto uma precariedade de boas misses como antes, logo quando conheci esse mundo, muitas são as que querem, poucas são as que de fato são.

E outro objetivo é o transformista do ano, ja concorri 3 vezes, na última ficando com o 2°lugar. Talvez esse será o meu ápice como transformista.

HILUX - Deixa uma mensagem a todos os seus seguidores bem como nossos leitores, por favor.

HAYSSA - Primeiro quero agradecer a você Tatiana pelo espaço, e pelo seu retorno a arte transformista, você vem desempenhando um papel muito importante à frente da Sauna Dragon.
Essa é uma oportunidade para que as pessoas possam me conhecer além dos palcos, quero pedir mais união da nossa comunidade, que saibamos respeitar as diferenças, o espaço do outro, afinal há espaço para todos, vivemos dias muito ruins, mas com fé e esperança tudo irá melhorar...

Obg aos leitores e público, nosso maior mestre, bjos no coração de todos e nunca desistam de vocês... Os sonhos sempre vem pra quem sonhar.

#Elenão #LulaLivre #CriminalizaStf #NossoCorpoNossasRegras #LoveWin

NA LEVEL
Neste domingo 24 Hayssa Schneider é atração do concurso Mega Star que acontece na boate Level e além de fazer show, vai passar a faixa.