O PORTAL LGBTI+ DO CEARÁ

O PORTAL LGBTI+ DO CEARÁ

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

FESTIVAL DE ARTE URBANA LGBTI+ ABRE INSCRIÇÕES PARA PARTICIPAÇÃO EM SHOWCASES

Evento acontece no Dia Internacional contra a Discriminação Racial e as inscrições ficam abertas até 15/02
Entre os dias 21 e 23 de março acontece o Festival Bixanagô - Empoderamento e Estética Negra. O evento, realizado com o apoio do Edital de Apoio à Criação
Artística na Linguagem Música da Secretaria Municipal de Cultura, acontece no espaço cultural Mundo Pensante e contará com shows de Monna Brutal, Danna Lisboa, Rosa Luz, entre outras.

Afrocentrado e direcionado para as criações artísticas da juventude LGBTI+ em São Paulo, o Festival Bixanagô também traz uma série debates, oficinas e lançamento de livros.
Entre os debates estão a criminalização do corpo negro LGBTI+, os direitos da população LGBTI+ e incidência de infecções sexualmente transmíssiveis entre a população negra e periférica.

Segundo Marcelo Morais, idealizador da proposta, “é importante frisar que a gente tá usando ‘bixa’ como uma palavra genérica para todas as expressões de sexualidades. E entedemos que o
Hip Hop é uma forma de organização e de arte que vem da rua, da periferia, da favela e é uma expressão que parte desse lugar fazendo crítica social”, comenta.

Segundo relatório do Grupo Gay da Bahia, entidade que apura dados sobre a comunidade LGBTI+ no país há quase 40 anos, em 2017 foram registrados 445 casos de homicídio contra a população
LGBT+ no Brasil, número 30% maior do que em 2016.  Para Marcelo Morais, as conquistas sociais e jurídicas de toda a comunidade negra e LGBTI+ estão em risco neste novo governo e por isso,
o Festival Bixanagô tem um papel político fundamental neste momento.

Distribuídas entre os dias do evento, as 5 oficinas do festival trazem as linguagens da cultura queer e do Hip Hop, com oficinas de rimas, beats, live painting, vogue e moda. Morais comenta ainda
que “as bixas não entram a toa no movimento Hip Hop, isso vem porque o rap historicamente é um instrumento de luta das populações marginalizadas”. Com um lineup formado majoritariamente
por artistas transsexuais, os shows principais acontecerão nos dias 22 e 23 de março e contarão com a abertura de 4 showcases, selecionados entre as pessoas inscritas entre os dias 15 de janeiro e 15 de fevereiro.

Para se inscrever, é necessário preencher o seguinte formulário: https://goo.gl/mScf8Y. Um dos critérios de seleção é a identidade de gênero, sendo que artistas LGBTI+ serão priorizados.
O resultado sai no dia 01 de março nas redes sociais e por e-mail.

SERVIÇO

O quê: Festival Bixanagô - Empoderamento e Estética Negra
Facebook - https://www.facebook.com/bixanago/
Instagram - https://www.instagram.com/bixanagofestival/
Quando: 21 a 23 de Março
Onde: Mundo Pensante - Rua Treze de Maio, 830 - Bixiga
Inscrições para showcases: Até 15 de fevereiro em https://goo.gl/mScf8Y

ATOR ACUSA BOLSONARO DE CENSURAR FILME SOBRE A “CURA GAY”

O filme “Boy Erased: Uma verdade anulada”, que fala sobre a “cura gay”, teve seu lançamento cancelado nos cinemas brasileiros –e, segundo o ator Kevin McHale, foi por conta do presidente Jair Bolsonaro.
A estreia estava agendada para a última 2ª feira (31.jan.2019), antes de ser desmarcada pela Universal Pictures, estúdio responsável pelo filme.

O ator Kevin McHale –conhecido por interpretar Artie Abrams na série Glee– disse em sua conta no Twitter na noite deste domingo (3.fev), que o filme não veio para o Brasil por censura do presidente Jair Bolsonaro. Também via Twitter, Bolsonaro negou as acusações.
De acordo com McHale, o presidente não tem que tomar a decisão pessoalmente; mas cria 1 ambiente que respalda este tipo de decisão. O ator afirmou também que Bolsonaro é uma ameaça à comunidade LGBTQ+ do país.
A obra é baseada no livro de memórias do ativista americano Garrad Conley e dirigido por Joel Edgerton. Foi indicado para o Globo de Ouro nas categorias melhor ator de drama, pela atuação de Lucas Hedges e melhor música para filmes. Não venceu em nenhuma categoria. O elenco também tem nomes de peso como Russell Crowe e Nicole Kidman.

A trama


O filme conta a história do jovem gay Jared Eamons (Hedges), filho de Marshall Eamons (Crowe), pastor de uma cidade conservadora do Arkansas, e da religiosa Nancy Eamons (Kidman).
De acordo com a sinopse divulgada pela Universal, em dezembro de 2018, “quando confrontado pela família sobre sua sexualidade, [o personagem] se vê pressionado a escolher entre perder seus familiares e amigos ou se submeter a um programa de terapia que busca a ‘cura’ da homossexualidade”.
Fonte: MSN

DIMAS ROCHA - GATO DO MÊS DE FEVEREIRO


Nome: Dimas Rocha
Idade: 25 anos
Peso: 82kg
Altura: 1,82
Signo: Touro

Profissão: Estudante
Hobby: Assistir Filmes
Férias inesquecíveis: Praia de Icarai
Uma música marcante: You're still the one
Música marcante: You're still the one
Um ídolo: Shania Twain









Visão política: Não gosto muito de comentar sobre política, até porque cada um de nós tem sua opinião formada, mas gosto de estar ciente e por dentro de tudo que está acontecendo no cenário politico, sempre sabendo das mudanças e o que posso fazer para apoiar aquilo que acredito.













Mensagem aos leitores
Minha mensagem é que todos busquem realizar seus sonhos, procurem sempre buscar sua felicidade, agindo sempre da maneira mais correta possível, e que também procurem ajudar mais os outros, serem gentis, nesse mundo tão vasto de problemas precisamos ser luz na vida dos outros.












+ CLIQUES






Por Tatiana Hilux