quinta-feira, 19 de setembro de 2019

MC LAN MANDA EXPULSAR MODELO TRANS DE SET DE GRAVAÇÃO: 'NÃO VOU GRAVAR COM ESSE TRAVECO'

A modelo trans, Alessandra Tavares, acusou o MC Lan, do famoso feat. com Lexa "Sapequinha", de ter xingado e expulsado ela de um set de gravação. Entenda como tudo aconteceu:
Em entrevista ao canal do Youtube da apresentadora Léo Áquila, a modelo transexual Alessandra Tavares revelou ter sofrido transfobia durante gravação de videoclipe do funkeiro MC Lan em 2017. 
Segundo a modelo, ela havia sido convidada para fazer parte do elenco de modelos e dançarinas de um clipe recente do cantor, e quando chegou ao local da gravação, viu que não era bem-vinda: "quando coloquei o pé no set de gravação, percebi que havia um alvoroço por parte do cantor. Todos acharam estranho, já que não havia contado a ninguém que era trans”, explicou Alessandra. Sem citar o nome de Lan, a modelo explicou que foi ofendida por termos preconceituosos como "traveco" e por diversas vezes ouviu o MC dizer que não gravaria com ela.
O clipe sobre o qual a modelo estaria falando, não foi revelado, mas acredita-se que seja um produção de KondZilla, quem costuma ser responsável pela maioria dos trabalhos audiovisuais do funk paulistano. As cantoras Lexa e Pabllo Vittar, deixaram de seguir o Mc nas redes sociais. Após a repercussão do vídeo, Lan usou seu Instagram para se pronunciar. O cantor declarou ser inocente das acusações e que também sofreu preconceito em sua carreira além de destacar que sempre apoiou o movimento LGBT.


Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por MC LAN NOVAMENTE 🇧🇷 (@mclan) a
Fonte:folhavitoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário