quinta-feira, 27 de junho de 2013

MISS BABADO!


O concurso Top Gay Ceará divulgou a foto das 13 misses concorrentes ao título deste ano. A disputa acontece no sábado 03 de agosto no clube do Vila União, confira o vídeo:

NEM MESMO SHAKIRA CONSEGUE ATRAIR A SIMPATIA DA TORCIDA PARA A ESPANHA NO CASTELÃO

Nem mesmo o carisma da diva pop Shakira que compareceu ao castelão para torcer pelo marido Gerard Piqué foi capaz de convencer o público a torcer pela Espanha.
A Itália sempre foi a seleção que recebeu o incentivo da torcida brasileira e olha que toda vez que a imagem da diva aparecia no telão o torcedor vibrava como se fosse um gol.
Ao final a fúria ganhou a vaga para a final contra o Brasil nos pênaltis por 7x6, mas quem saiu ovacionada da Arena Castelão foi a diva Shakyra.



  Fotos:Terra

GRUPO PROTESTA CONTRA PROJETO DA "CURA GAY" EM FORTALEZA

Seguindo o calendário de manifestações em Fortaleza, um grupo de pessoas esteve reunido, ontem, no bairro Benfica, reivindicando a saída do pastor Marco Feliciano da presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados Federais.
 A maior parte dos manifestantes era de estudantes, mobilizados por grupos formados em redes sociais e pelo boca a boca. Os jovens ergueram cartazes, bandeiras e criticaram o projeto conhecido como “cura gay”.
A cineasta Verônica Guedes considera a manifestação saudável e que isto é uma forma legítima de pressionar o governo. Todavia, ela acredita que é preciso discutir e consolidar as pautas que serão reivindicadas no âmbito local.
Flavia Fontenelle discursa durante manifestação.
Orlaneudo Lima, diretor do Grupo de Resistência Asa Branca (Grab), acredita que um passo importante nos direitos LGBT seria a instituição do Plano Municipal de Políticas Públicas para lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais. O projeto está previsto na lei Municipal nº 9995, sancionada em dezembro de 2012.
Alan Góes é estudante de publicidade da Universidade Federal do Ceará (UFC) e critica o projeto conhecido como “cura gay”. Para ele, isto seria um retrocesso e abriria precedente para que as pessoas vissem a homossexualidade como algo que precisa ser curado.

O também estudante Márcio Peixoto corrobora com a opinião do amigo e se mostra descrente: “esse projeto não vai para a frente. Isto não faz sentido”.
A manifestação teve a praça da Gentilândia como ponto de concentração. De lá, o grupo de pessoas seguiu, com o suporte de um carro de som, pelas ruas paralelas à avenida 13 de Maio, e chegou ao shopping Benfica, onde houve a dispersão.
Fonte:O Povo