quinta-feira, 23 de maio de 2013

LUPO SE DEFENDE DE ACUSAÇÕES DE HOMOFOBIA EM COMERCIAL QUE MOSTRA NEYMAR DE CUECA

Um comercial da marca Lupo, fabricante de peças íntimas e acessórios, estrelado por Neymar, virou alvo de polêmica nas redes sociais com acusações de preconceito contra gays. A propaganda mostra o jogador do Santos usando cueca e meias e mostrando os produtos da marca em seu próprio corpo para algumas clientes. No entanto quando aparece um homem pedindo ao vendedor para ver a "cueca sexy do Neymar", o jogador sai escondido da loja. 

Depois de uma série de comentários de internautas acusando a marca de homofobia, a Lupo emitiu um comunicado oficial sobre o assunto nesta quarta-feira (22) dizendo que não houve nenhum tipo de preconceito no vídeo e que a intenção foi dar um tom "brincalhão" à propaganda.

Confira abaixo o comunicado na íntegra:

A Lupo vem a público para esclarecer que em nenhum momento promoveu qualquer tipo de preconceito ao levar ao ar o comercial de televisão 'Aparecimento', estrelado pelo jogador Neymar e que divulga a nova coleção de cuecas da Lupo. Já na concepção do comercial, que está sendo veiculado no intervalo dos principais programas de televisão, o personagem alvo da polêmica não teve qualquer conotação homossexual. A graça do comercial é exatamente essa: um sujeito fortão, heterossexual, procura uma cueca sexy para usar – subentende-se – com uma mulher.  E a reação de Neymar é sair de cena. A ideia foi dar um tom brincalhão e brasileiro ao filme.

A Lupo reitera sua rejeição a qualquer tipo de preconceito e garante seu respeito a todos os consumidores de seus produtos, independentemente de classe social, nacionalidade, religião e orientação sexual. A empresa fabrica produtos para todos os públicos e não faria o menor sentido excluir qualquer público de suas lojas e muito menos denegrir a imagem dos homossexuais.
Fonte:Uol