VENHA PARA O NOVO TABABADO!

VENHA PARA O NOVO TABABADO!
WWW.ONIXDANCE.COM.BR

sábado, 28 de dezembro de 2013

TV BABADO! ERON DIZ PARA AMARILYS QUE É GAY E TERMINA TUDO COM A FURA OLHO!

A casa vai cair para a fura olho! O romance entre a lacraia do olho azul, Eron (Marcello Antony) e a fura olho Amarilys (Danielle Winits) vai acabar assim que o advogado descobrir a verdade sobre a paternidade de Fabrício. Eron cai em si e chama a mulher para uma conversa séria sobre os dois. Segundo o jornal Extra, a médica não leva a sério no início, mas cansado de ser manipulado, Eron desabafa: "Amarilys... eu quero me separar".
Chocada, a bandida questiona a atitude de Eron: "Você quer se separar? Por que isso agora?", e Eron diz que acha que eles não estão dando certo. A loira pressiona o advogado, que perde a paciência e dispara: "Amarilys, esses são os seus planos, os seus desejos! Você faz os planos e eu acabo topando. Tudo começou na primeira vez que transamos, quando eu ainda estava com o Niko. Você me convenceu a transar com você pra dar um bebê pra ele. Eu tinha atração sim. Mas eu não pensava em trair o Niko até você vir com a ideia de ter um bebê. Um bebê pra dar pra ele, porque o implante não tinha dado certo". 

A médica não se conforma com a decisão dele e tenta fazer com que ele volte atrás, mas Eron permanece firme: "O fato Amarilys, é que o Fabrício foi embora, e agora que eu sinto esse vazio, eu percebo que você me manipulou. Eu admito, eu fui fraco, fraco sim... porque deixei você me manipular. Eu até acreditei que te amava", afirma o advogado. "Amarilys, eu vivo num mundo de homens. Eu vejo as pessoas se apaixonando, comemorando o aniversário dos filhos, se encontrando em casais...e esse mundo estava fechado pra mim porque eu não tinha uma mulher". 
Irredutível, Eron continua a destruir os planos da fura olho com suas palavras: "Quanto mais eu fico com você, mais eu sei que estou vivendo uma mentira. Eu tentei ter uma vida como a dos outros homens. Quando o bebê nasceu, eu pensei... vou ter uma família de verdade, uma família com a Amarilys... e então, tava tudo tão certinho, eu construí um castelo na minha cabeça. Mas era um castelo de cartas e desabou. O bebê não era nosso. Era do Niko. A família certinha, papai, mamãe e filhinho não existia", garante. 
Amarilys continua a insistir, até que Eron finalmente abre o coração e revela: "Amarilys, eu estou despedaçado. Mas continuar com você seria uma mentira. Eu cheguei à conclusão que eu amo, eu sempre amei... o Niko".
Sem saber que o sushiman está se envolvendo cada vez mais com Félix (Matheus Solano), a médica sugere que Niko (Thiago Fragoso) está correndo atrás de Eron, mas o advogado nega: "O Niko nem sabe que eu ainda gosto dele. Eu só estou querendo ser honesto, Amarilys. Eu sou gay".
A loira enlouquece e se recusa a aceitar o fato: "Você não é gay. Eu sei que você não é gay, porque eu fui pra cama com você. Tudo funcionou como devia. Eu cheguei a pensar que estava grávida de você!", diz Amarilys tentando fazer com que Eron mude de ideia.
"Aí é que está o seu erro, Amarilys. Você acha que quem é gay não consegue fazer sexo com uma mulher. Eu consigo. Eu poderia me enganar, e enganar você a vida toda. Mas eu amo o Niko", reafirma Eron, que começa a fazer as malas para sair de casam e prova para a a fura olho que não existe ex gay.

 Amarilys, no entanto, não se dá por vencida e continua a implorar: "Você não pode tomar uma decisão tão precipitada, Eron. Você precisa pensar melhor", pede ela. "Eu já me torturei o suficiente. Desde que fui na casa do Niko, eu não penso em outra coisa, a não ser na vida que eu e ele podíamos ter juntos se não fosse...", hesita Eron. "Se não fosse eu", completa Amarilys.
"Eu quero reconquistar a família que eu perdi por minha própria culpa. Adeus, Amarilys. Espero que a gente possa ser amigos", se despede o advogado. Magoada, a médica ameaça e grita com Eron: "Um homem e uma mulher que se separam dessa maneira não conseguem ser amigos nunca! Não, Eron, pode ter certeza, eu não vou ser sua amiga. Eu quero que você vá pro inferno, eu quero que você desapareça de uma vez! Eu te odeio Eron. Te odeio!", esbraveja Amarilys, em lágrimas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário