segunda-feira, 2 de julho de 2012

TOP GAY CEARÁ 2012 - CANDIDATAS FAZEM CAMPANHA NA REDE.


As misses candidatas ao concurso Top Gay Ceará estão travando uma saudável disputa nas redes sociais e quem deve ganhar é o público que comparecer ao evento no sábado 04 de agosto no clube do Vila União.
As meninas estão postando fotos montagens para motivar suas torcidas a se fazerem presentes ao evento.
Na luta pelo título de mais bela miss de nosso estado vale fotos coloridas postadas todos os dias nos Facebook e que atraem vários comentários.
Entre as frases usadas a mais comum é “Rumo ao Top Gay” o que demonstra que elas estão empenhadas na conquista da tão sonhada coroa o que nos faz prever um grande espetáculo que começará na apresentação dos trajes típicos dentro do tema “Egito. O Vale dos Reis” e terá seu momento máximo nos vestidos de gala que culminará na coroação daquela que conseguir na noite chegar o mais perto da perfeição.
Veja as imagens postadas por algumas das misses candidatas:














Serviço:
TOP GAY CEARÁ 2012.
Tema: Egito. O Vale dos Reis.
Local: Clube do Vila União.
Rua Almirante Rufino  360
Ingressos: R$ 10,00
Mesas: R$ 60,00
Informações: (85) 8842.6487/8621.6566

TCHAKA GANHA DOCUMENTÁRIO E REVELA QUE SEU PÚBLICO É 100% HÉTERO

São 12 anos de profissão, muito brilho e mais de 4 mil festas e telegramas animados – de chá de bebê, formaturas a casamentos. A drag queen Tchaka – personagem do ator Valder Bastos, considerada a Rainha das Festas – é uma das várias cores da comunidade LGBT que atuam e vivem da arte.
Recentemente, a drag virou tema do documentário Tchaka em Transe, produzido pelo Senac, selecionado para a programação oficial do Rio Festival de Cinema Gay 2012. “Eles iriam fazer com um curta sobre drags, mas gostaram tanto da minha história que fizeram só sobre ela”, revela.
Em entrevista ao Virgula LifeStyle, Tchaka revela detalhes de sua infância, vida amorosa e trabalhos. Entre outras curiosidades, ela conta que seu público é “100% hétero”. Confira o bate-papo.

TV BABADO! FILME "PRISCILLA, A RAINHA DO DESERTO" VIRARÁ REALITY SHOW

Um grupo de drag queens recria a rota pelo interior da Austrália vista no emblemático filme Priscilla, a Rainha do Deserto, como parte de um novo programa de televisão, informam nesta segunda-feira (data local) a imprensa local.
Junto à estrela de Hollywood, a australiana Toni Collette, este grupo de drags usando trajes extravagantes e gigantescos saltos plataformas filmarão vários episódios de um "reality show" na Austrália do Sul, informou a emissora local ABC.
Stephan Elliot, roteirista e diretor do filme "Priscilla, a Rainha do Deserto", viaja com o grupo de dez drags e uma equipe de produção de 120 pessoas a bordo de quatro ônibus que partiram de Sydney.
Collette, lembrada por suas atuações no filme "Sexto Sentido" ou na série de televisão "United States of Tara", será parte do júri deste programa que levará o nome de "I Will Survive".
Elliot esclareceu que os dez artistas não são homossexuais, mas pessoas que participam de uma competição de canto, dança e atuação como drag queens, ao explicar que se trata de promover uma expressão artística às vezes desprezada.
O diretor australiano explicou que no interior da Austrália é raro ver personagens travestidos e por isso considerou importante reavivar sua aceitação, em um contexto no qual se debate no país da Oceania a possibilidade de legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo.
O filme "Priscilla, a Rainha do Deserto", que foi exibido em meados dos anos 90, conta a história de um grupo de drag queens que enfrentam os preconceitos sociais em uma viagem artística pelo interior da Austrália.
Fonte: Agencia EFE