sábado, 23 de junho de 2012

É BOM QUE SE DIGA!! GRAB DIVULGA NOTA SOBRE A PARTICIPAÇÃO DE BOATES NA XIII PARADA ATRAVÉS DO FACEBOOK ONIX DANCE

Na última sexta 23 reproduzimos através do blog A Redação uma matéria do Jornal O Povo sobre a não participação das boates LGBTs, na XIII Parada pela Diversidade Sexual de Fortaleza. Com a chamada da matéria divulgada no Facebook do site a repercussão foi imediata com vários compartilhamentos e comentários, inclusive de personalidades influentes no meio LGBT como a trans Yasmin Ravelly que expressou sua opinião sobre o caso.

O GRAB (Grupo de Resistência Asa Branca) através de Dediane Souza uma de suas diretoras emitiu uma nota de esclarecimento sobre o ocorrido. Para que sejamos justos e imparciais você terá acesso a postagem de Yasmin Ravelly que é uma liderança entre as travestis cearenses e em seguida a nota oficial emitida pelo GRAB, mas queremos lembrar que o mais importante é neste domingo 24 unirmos nossas forças na luta por nossos direitos e contra a homofobia.
   YASMIN RAVELLY - ....todo ano eles impedem o trio Yasmin Ravelly de sair na avenida com esta mesma justificativa, de que o prazo está encerrado, mas quero saber quando começam as inscrições para quem quer colocar o trio na avenida? Se colocar um trio com seu próprio dinheiro é assim, imagina se fossemos pedir alguma ajuda. (Veja comentário de Yasmin na íntegra clicandoaqui.)

NOTA SOBRE PARTICIPAÇÃO DE BOATE NA XIII PARADA PELA DIVERSIDADE SEXUAL DO CEARÁ.

Nós do GRAB vimos esclarecer que a construção da organização da Parada ocorre de forma coletiva, sendo coordenada pelo GRAB, e tendo a parceria de outras organizações do movimento social LGBT, poderes públicos, e também de boates dirigidas a esse público.
É de conhecimento público que desde 1999, ou seja, há 14 anos, o GRAB realiza a Parada sempre no último domingo do mês de junho, alusiva ao dia do Orgulho LGBT (28 de Junho).
As reuniões gerais de organização da XIII Parada iniciaram-se em 29.5 (foram realizadas quatro reuniões), tendo todas as boates sido convidadas a estarem presentes, inclusive a boate Meet, que foi convidada, em contatos telefônicos, e não compareceu a nenhuma reunião.
A inscrição de trios elétricos na Parada é um processo que requer atenção e cuidados por parte do GRAB e parceiros, no que se refere à segurança, autorizações públicas (Corpo de Bombeiros, CREA, etc.), daí estabelecermos um prazo para a inscrição prévia dos trios, que este ano foi prorrogado até o dia 15 de junho/12, para facilitar o encaminhamento da documentação. Até essa data nenhuma boate inscreveu seu trio e nem nos procurou. A referida boate, citada acima, se dirigiu à sede do GRAB 04 (quatro) dias úteis antes da Parada, o que inviabilizou qualquer encaminhamento minimamente organizado.

Fortaleza, 22 de junho de 2012.

A Diretoria do GRAB
Grupo de Resistência Asa Branca- GRAB
23 ANOS NA LUTA PELOS DIREITOS HUMANOS DE LGBT

3 comentários:

  1. Parabéns Yasmin Ravelly concordo com você e aconselho as pessoa a clicarem no link lerem tudo o que você postou no face. O GRAB tem muito o que explicar e acho que é chegado o momento.
    Além deles a ATRAC e dona Andrea Rossaty que usa o dinheiro publico para promover jantares e seminarios de mentirinha aonde nao se resolve nada e que no domingo vai estar sobre o trio pago por nós bebendo Whisky e arrotando importância enquanto somo atacados pelos marginais la em baixo.

    ResponderExcluir
  2. Regina Pedrosa. Chegou a hora de cobrarmos a prestação de contas da parada gay de Fortaleza aos envolvidos...Quanto mesmo o GRAB recebe do Gov. Federal Estado e Municipio, quanto é gasto e pra onde vai o que sobra? Quero ver eles respoderem este post. Outra coisa quantos anos dura o mandato do presidente desta entidade? Quando vai ter eleição? Que eu saiba o presidente era o orlaneudo e seu Francisco Pedrosa "Herdou' o cargo pois era caso do mesmo...É verdade? Com a resposta o GRAB

    ResponderExcluir
  3. YASMIN COLOCA UM TRIO NA PARADA DO JOSÉ WALTER QUE NAO TEM APOIO NENHUM E SOFRE POR SER INDEPENDENTE!

    ResponderExcluir